///Comunidade acadêmica reflete sobre fundamento doutrinal do projeto de melhoria Ressignificação do Projeto Pedagógico

Comunidade acadêmica reflete sobre fundamento doutrinal do projeto de melhoria Ressignificação do Projeto Pedagógico

Publicado em 21 de agosto de 2018

Ontem à noite, a reunião pedagógica, que também contou com representação do setor administrativo do Colégio Anchieta, foi dedicada a compartilhar com a comunidade acadêmica o status dos projetos de melhoria do Sistema de Qualidade na Gestão Escolar (SQGE) da FLACSI, além de propor uma reflexão sobre o fundamento doutrinal do projeto Ressignificação do Projeto Pedagógico.

O Diretor Geral, Pe. João Claudio Rhoden, fez a abertura do encontro, denominando-o como uma prestação de contas sobre o trabalho que vem sendo realizado em relação aos três projetos de melhoria que estão sendo implantados no Colégio Anchieta. “É um desejo da Companhia de Jesus e que com certeza vai nos levar a uma educação integral de qualidade”, reiterou.

A Coordenadora Interna do SQGE, Isabel Tremarin, contextualizou o andamento do trabalho e apresentou um mapa de participação das instituições jesuítas no Sistema de Qualidade. Hoje 41 colégios integram o Sistema: dois ingressaram em 2018; 10 estão na etapa de projetos de melhoria, incluindo o Anchieta; 22 colégios estão no segundo ano de projetos de melhoria e na segunda autoavaliação; quatro colégios estão no terceiro ano de projetos de melhoria. “Queremos compartilhar nossa caminhada e também mostrar como está a rede. Há um movimento muito intenso no Brasil em relação ao Sistema”, apontou. Isabel também falou sobre uma plataforma que está sendo desenvolvida pela FLACSI que possibilitará o compartilhamento de projetos de melhoria entre as instituições jesuítas.

O coordenador do grupo que está trabalhando com a ação de melhoria, o Diretor Administrativo, Inácio Reinehr, falou sobre o projeto que contempla a elaboração e aplicação de instrumentos que avaliem os níveis de participação, satisfação e clima em relação a pais, alunos e colaboradores acadêmicos e administrativos. Segundo Inácio, o grupo está contando com o apoio do Instituto de Pesquisa de Mercado da UNISINOS (IPM-Unisinos) para o desenvolvimento da pesquisa.

O coordenador do projeto Acompanhamento das Atividades Docentes, o Coordenador de Unidade de Ensino II, Cleiton Gretzler, falou sobre os grupos de trabalho que refletiram sobre o projeto e que produziram um documento-síntese. Agora, a meta é planejar os protótipos, fase que irá contar com o apoio de representantes da Educação Infantil (Lisiane Tebaldi e Julieta Barrionuevo), do Ensino Fundamental I (Adriana Fantin e Jardeli Dias), e do Ensino Médio (Maria Isabel Xavier e Silvio Almeida). Segundo Cleiton, o projeto está ancorado em três eixos: planejamento, prática didática (metodologia, clima e gestão de tempo) e o processo de reflexão acerca dos pontos observados.

O terceiro projeto de melhoria, Ressignificação do Projeto Pedagógico, coordenado pela Diretor Acadêmico, Dário Schneider, teve um espaço especial em função de ser realizado de forma colaborativa pelos educadores. Assim, houve uma dinâmica que contemplou a leitura dos tópicos elaborados para o fundamento doutrinal, comentados brevemente pelos professores Clóvis Lasta e Marcio Longhi, e pelo Pe. João Roque Rohr. Durante a atividade, os presentes foram convidados a dar suas contribuições em cada texto pelo ambiente no Moodle. A opção está aberta até o final do mês para que todos possam participar.

Com QR Code, você pode entrar no Moodle e dar suas contribuições:

2018-09-13T17:44:32+00:00