8º Ano do Ensino Fundamental II

Projeto Capital Federal
Toda aprendizagem que se realiza tendo como foco o estabelecimento de relações de conteúdos e conceitos torna-se mais efetiva e duradoura, pois o que move os diferentes componentes curriculares nesse processo é uma proposta de formação que se concretiza por meio de um conjunto de saberes integrados e significativos necessários para a compreensão e ação crítica acerca da realidade. Com esse propósito de vincular os conteúdos trabalhados ao mundo real, proporcionando aos alunos a oportunidade de lê-lo e de compreendê-lo o corpo docente e a equipe de série do 8º ano apresentam o Projeto Capital Federal.

Justificativa:
Com a certeza de que, sempre que participam de uma atividade de campo, os alunos voltam mais enriquecidos, não apenas pelos conteúdos que tiveram a chance de vivenciar, mas principalmente pelas relações que puderam estabelecer entre si e com os professores, é que propomos o Projeto Capital Federal como viagem de estudo para os alunos dos 8º Anos do Ensino Fundamental II.

Dinâmica:
Por ser uma vivência que envolve custos de deslocamento, alimentação, ingressos, acompanhamento de guias e professores, propomos sua realização como atividade eletiva, realizada por adesão. Estamos propondo uma saída com um grupo de, no máximo 45 alunos no dia 13/06 e com previsão de uma segunda viagem para setembro. Como se trata de um grupo pequeno de alunos, nesse momento essa viagem terá um caráter ilustrativo dos conteúdos que já estarão sendo trabalhados em sala de aula. Nesse sentido, os alunos que não participarem não ficarão sem os conteúdos desenvolvidos nos diversos componentes curriculares que planejaram o Projeto. Apenas não terão oportunidade de aprofundá-los mediante uma vivência multidisciplinar.

Sua realização, sendo opção da família, acontece em um sábado com roteiro de visitas guiadas para exploração e estudo que envolve as áreas da Geografia, Língua Portuguesa, Ensino Religioso e Artes. Visitar Brasília é, portanto, reconhecer a importância dessa para todas as gerações posteriores. É reconhecer a capacidade criadora dos brasileiros. É orgulhar-se de fazer parte de uma nação capaz de inovar artisticamente e influenciar o mundo estético.